arrow_drop_down
search
Focado na partida diante do Esportivo, Cuesta projeta possível final contra o Grêmio

Futebol Internacional

Focado na partida diante do Esportivo, Cuesta não esconde pensamento em possível final contra o Grêmio: “É um tabu que incomoda"

Zagueiro concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (31) espera um bom jogo contra o Esportivo nesse final de semana e já projeta uma possível final contra o Grêmio

Bolavip

Focado na partida diante do Esportivo, Cuesta projeta possível final contra o Grêmio

Focado na partida diante do Esportivo, Cuesta projeta possível final contra o Grêmio

A Prefeitura de Porto Alegre liberou na manhã desta sexta-feira (31), a realização de jogos na capital gaúcha neste final de semana. Com isso, o Internacional poderá mandar o seu confronto da semifinal do segundo turno, contra o Esportivo, neste domingo (2), no Beira-Rio. A Federação Gaúcha de futebol ainda não divulgou o horário da partida. 

 

Quem está preparado para o grande duelo desse final de semana e para uma possível final é Victor Cuesta. O zagueiro, que foi o responsável por conceder a coletiva nesta sexta-feira (31), afirmou que o time está totalmente focado para a partida, mas já projeta uma final contra o Grêmio. O defensor admitiu que não vê a hora de voltar a vencer o maior rival e afirmou que o fato de não vencer recentemente tem incomadado a todos os jogadores do elenco de Eduardo Coudet. 

 “Queremos muito vencer o Gremio. É um tabu que incomoda. Fizemos bons jogos, mas não conseguimos ganhar. Não é desculpa. Precisamos passar pelo Esportivo e estar preparados para o que vier pela frente”, avaliou.

Victor Cuesta em ação pelo Internacional. Foto: Ricardo Duarte/Internacional


O zagueiro também comentou sobre a expectativa de poder voltar a jogar no Beira-Rio. Durante a coletiva, o Colorado não havia sido comunicado que Eduardo Coudet e seu plantel estariam aptos a jogar no estádio do Time do Povo e portanto, o defensor citou que é importante jogar em casa ou em qualquer lugar que tenha um campo bom: “Somos muito fortes jogando em casa. Ou em algum campo bom. Isso foi notório no outro jogo. O jogo fluiu. Esperando poder jogar no Beira-Rio”, completou. 


Para ficar com o título do Campeonato Gaúcho, o Internacional precisava ser campeão do 2º turno da competição para, depois, duelar contra o Caxias do Sul, que bateu o Grêmio e levantou a taça do 1º turno do Estadual.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.