Fernando Diniz diz que o São Paulo tem a sua cara

Futebol: Mais notícias

Futebol São Paulo

Fernando Diniz diz que o São Paulo é o time que mais tem sua cara: "Vai jogar tão ou melhor que o Fluminense"

O técnico chegou em setembro e projeta o futuro do Tricolor caso permaneça 

Bolavip

Fernando Diniz diz que o São Paulo tem a sua cara

Fernando Diniz diz que o São Paulo tem a sua cara

O técnico Fernando Diniz chegou ao São Paulo em setembro com a missão de recolocar o time no caminho das vitórias e das boas apresentações. Até o momento são 15 jogos no time (6V, 4E e 5D) e 48,8% de aproveitamento.

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Com 2 meses no cargo, Diniz enxerga o São Paulo como o time que mais tem a sua "cara", se comparado com as outras equipes que comandou durante a sua carreira e projetou um time muito mais tático, caso permaneça no clube por pelo menos oito meses.

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

"Acho que o São Paulo tem a minha cara em muitos jogos. Se você relativizar o tempo em que estou no São Paulo e for no Audax com dois meses, Fluminense com dois meses e Athlético-PR com dois meses, o São Paulo é o time que mais tem minha cara. Relativizando de maneira absoluta, não. Se eu ficar aqui oito meses é um time que vai jogar tão ou melhor que o Fluminense no sentido tático. Isso eu asseguro" - disse.

A torcida são paulina vem pegando no pé de Diniz, cobrando mais criação de jogadas e oportunidades de gol. Diniz admite oscilação da equipe em alguns jogos.

"Sobre criar não é um fator que está absoluto também. Contra o Vasco criamos para fazer dois, três ou quatro gols. Hoje concordo e em outras partidas também: Cruzeiro, Palmeiras... alguns jogos o time tem oscilado muito... tem jogo em que cria bastante e tem jogo que não cria. O que está sendo uma coisa mais uniforme é que tem aproveitado pouco, fazendo muito pouco gol. Hoje criamos pouco e não fizemos gol. Em alguns jogos, contra o Vasco, criamos muito mais do que aquilo que representou o jogo: foi só 1 a 0" - disse Diniz após a derrota para o Grêmio.

Nas últimas seis partidas, o São Paulo venceu apenas uma - foram 3 derrotas e 2 empates nos demais duelos. Apesar do baixo rendimento recente e pressão da torcida, o presidente Leco garantiu a permanência de Diniz para 2020.

O técnico recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Grêmio e não estará à beira do gramado na próxima rodada, na "final" contra o Internacional, quarta-feira, às 21h30, no Morumbi. O auxiliar Márcio Araújo comandará o Tricolor.

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.