Provável diretor detalha planos do Cruzeiro e Fábio pode deixar o clube em 2020

Futebol Cruzeiro

Fábio corre risco de entrar na “barca” dos medalhões do Cruzeiro para 2020; Pedro Lourenço impõe ultimato ao ídolo

Pedro Lourenço, diretor que deve assumir o futebol do Cruzeiro no próximo ano, falou sobre os planos do clube e opinou sobre a contuinidade de Fábio  

Bolavip

Provável diretor detalha planos do Cruzeiro e Fábio pode deixar o clube em 2020

Provável diretor detalha planos do Cruzeiro e Fábio pode deixar o clube em 2020

A queda para a Série B fará com que o Cruzeiro passe por uma grande reformulação para a próxima temporada. Nos bastidores, a informação é que vários “medalhões” deixarão a Raposa devido ao corte de gastos em sua folha salarial a partir de janeiro. Em meio a uma verdadeira crise política, o clube não terá condições de investir em grandes reforços de peso para 2020 e muito das opções de Adilson Batista sairá das categorias de base da Toca da Raposa II.

Com a provável renúncia do presidente Wagner Pires de Sá,  Pedro Lourenço, dono da rede Supermercados BH, é quem deve assumir o futebol da Raposa em 2020. Em entrevista ao site Superesportes MG, o futuro integrante do Conselho Gestor do clube comentou sobre a situação financeira celeste e revelou que tentará arrumar a casa aos poucos.

"O clube não tem receita nenhuma para 2020, não tem dinheiro. Por isso, tem que tomar atitude: demitir diretores com salários altos, tem funcionário que ganha acima de mercado, tem 700 funcionários. Tem que tocar o clube com a metade disso. Tem muito diretor lá. Se não fizer uma limpa, não dá conta e precisa ser com gente de credibilidade", declarou o empresário.

De acordo com o jornalista Jorge Nicola, em seu canal no Youtube, Lourenço disse que o Cruzeiro precisa diminuir sua folha salarial em R$ 11 milhões com os jogadores atuais. O empresário ainda revelou que pretende se livrar de muitos medalhões e nem mesmo Fábio, ídolo do clube, é presença certa em 2020. Segundo Lourenco, o camisa 1 terá que reduzir bastante seus vencimentos, na casa dos R$ 500 mil mensais (cerca de R$ 6 milhões por ano).

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.