arrow_drop_down
search
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net / Divulgação

Futebol: Mais notícias

Futebol São Paulo

Ex-companheiro de Milan, Inzaghi tenta contratar Alexandre Pato no Benevento, da Itália, e São Paulo define valor

Atual treinador, o ex-atacante italiano está com moral no clube após conquistar a segunda divisão do campeonato nacional; o Tricolor já sinalizou o valor

Bolavip

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net / Divulgação

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net / Divulgação

O São Paulo busca alternativas para reforçar os caixas em meio à crise financeira, que foi agravada pela diminuição de receitas por conta da pandemia do novo Coronavírus. Depois de negociar Antony com o Ajax, da Holanda, a diretoria não descarta uma nova venda e vê jovens promessas valorizadas, como Igor Gomes, Liziero e Luan.

Nos últimos dias, uma especulação tomou conta dos bastidores e pode ajudar o Tricolor Paulista a resolver boa parte dos problemas relacionados a dinheiro. De acordo com o jornal italiano Tuttosport, o Benevento estaria de olho em Alexandre Pato, que já defendeu as cores do Milan no passado.

O clube, que recentemente confirmou seu retorno à primeira divisão da Itália, vencendo o título com antecedência, é treinado por Filippo Inzaghi, ex-companheiro de ataque de Pato no time rossonero. A publicação revela que o São Paulo já teria indicado o valor para abrir conversas pelo jogador de 30 anos. 

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net / Divulgação

De acordo com a imprensa do país europeu, o Tricolor Paulista pediu 25 milhões de euros (cerca de R$ 151,82 milhões) para vender Pato, cifra considerada elevada pelo clube italiano. O Benevento ainda estaria de olho em outros reforços para o seu retorno à Serie A, como o marfinense Gervinho, o nigeriano Obi Mikel e o alemão Schurrle. 

Em março de 2019, o São Paulo venceu a concorrência de rivais para fechar com o atacante. No acordo, a diretoria paulista topou ressarcir Pato em 2,5 milhões de euros (R$ 11 milhões na conversão da época), valor gasto pelo jogador para rescindir seu contrato com o Tianjin Tianhai, da China. O vínculo do camisa 7 no Morumbi tem duração até dezembro de 2022.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.