Eduardo Barroca não fica no Atlético-GO

Futebol: Mais notícias

Futebol Brasileirão

Eduardo Barroca não continua no Atlético-GO mesmo após conquistar acesso para a elite

Apesar de ter alcançado o objetivo do Dragão o técnico enfrenta alguns problemas familiares e não permanece no clube para 2020

Bolavip

Eduardo Barroca não fica no Atlético-GO

Eduardo Barroca não fica no Atlético-GO

Ao se destacar treinando a equipe do Botafogo com sua motodologia, Eduardo Barroca foi contratado em outubro pelo Atlético Goianiense. Demitido da equipe Alvinegra após perder quatro partidas consecutivas pela primeira divisão do Campeonato Brasileiro, Barroca foi contratado pelo Dragão para atingir o objetivo dom clube para a atual temporada - e conseguiu neste sábado (30).

Adson Batista, presidente do Atlético-GO, junto ao Eduardo Barroca no dia que o treinador foi apresentado aos jornalistas

No entanto, o treinador do Atlético não continuará sob o comando da equipe a partir da próxima temporada. A equipe que empatou com o Sport, no Estpadio Antônio Accioly, subiu após o América tropeçar para o São Bento no Independência. Por conta disso jogadores, torcida, dirigentes e comissão desfrutaram de uma madrugada de glórias.

Eduardo Barroca entende que é o momento de dar mais atenção à família

Durante a comemoração após o objetivo ter sido alcançado pelo Atlético-GO, e agora com o grande desafio de disputar a primeira divisão, é o momento certo para planejar o futuro. Ainda no campo, Eduardo Barroca não quis confirmar ao ser questionado sobre sua permanência. Em contrapartida, poucos minutos depois o presidente do time, Adson Batista, bateu o martelo sobre a situação que estava em aberto até a noite de ontem (30). 

"Ele não fica. Isso já estava decidido esta semana. Ele está com problemas com a família. Ele tem todo o meu respeito, batalhou bastante por esse acesso. Morou no nosso CT. Mas infelizmente não continua. Já começamos o planejamento para o próximo ano. Será desafiador, vamos brigar contra orçamentos de 500 milhões, tendo um de 25 milhões", comentou Adson Batista enquanto estava sendo entrevistado pela Rádio Sagres.  

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.