Vitor Bueno em ação pelo Santos contra seu atual time

Futebol São Paulo

De volta à Vila: Vitor Bueno enfrenta o Santos em meio a impasse sobre o futuro

Meia-atacante pertence ao Peixe e sua permanência é desejada pela comissão técnica do Tricolor Paulista. Valor de compra é o grande entrave para o clube do Morumbi

Bolavip

Vitor Bueno em ação pelo Santos contra seu atual time

Vitor Bueno em ação pelo Santos contra seu atual time

O San-São deste final de semana vai fazer com que mais um jogador teste a força da "Lei do Ex". O escolhido da vez é o meia-atacante Vitor Bueno. Cedido pelo Santos por empréstimo ao São Paulo, o camisa 12 tem a oportunidade de reencontrar o clube que o projetou na elite do futebol neste sábado (16), às 17 horas, em um local que o jogador conhece bem: a Vila Belmiro.

Vitor Bueno chegou ao Santos em 20 de julho de 2015, vindo do Botafogo de Ribeirão Preto. Com apenas 21 anos, o atleta foi integrado ao time principal do Santos a pedido de Dorival Júnior. No Brasileirão do ano seguinte Vitor Bueno se destacou, brigou pela artilharia do Santos na competição e terminou o ano com prêmio de revelação do campeonato. 

A qualidade de suas apresentações e os números obtidos na temporada chamaram a atenção do Dínamo de Kiev, que fechou um empréstimo do atleta junto ao Peixe. Contudo, as chances na Ucrânia foram escassas e em menos de um ano o atleta voltou ao Brasil para defender o São Paulo.


Para contar com o atleta, o São Paulo pagou 600 mil reais pelo empréstimo e abriu mão de dinheiro envolvido na venda de Cueva, que foi para o Peixe após passagem rápida pelo Krasnodar (Rússia). O valor do passe do camisa 12 foi afixado em 12 milhões de euros (cerca de 46,8 mihões de reais), o mesmo montante foi inserido no acordo de empréstimo feito para o clube da Ucrânia. O valor faria do jogador a contratação mais cara da história do São Paulo.

O desejo da comissão técnica é contar com o atleta em 2020. O meia atacante estava esquecido na reserva do time de Cuca, mas é frequentemente escalado como titular pelo atual comandante Fernando Diniz. No clássico de hoje, Vitor Bueno deve começar o jogo entre os 11 titulares. A suspensão de Anthony deve abrir espaço para o atleta ocupar a posição da revelação tricolor. 

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.