Diego Pituca chega a 100 jogos no Santos

Futebol Santos

De "esquecido" no time B a "Pitukroos" no profissional: Diego Pituca chega a 100 jogos no Santos

Hoje Diego Pituca é um dos pilares do time de Sampaoli e é um dos que mais atua no Peixe

Bolavip

Diego Pituca chega a 100 jogos no Santos

Diego Pituca chega a 100 jogos no Santos

São poucos os jogadores do atual elenco santista que possuem a marca de 100 jogos com a camisa Alvinegra: Vanderlei, Victor Ferraz, Pará, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo, Alison e Jean Mota. Mas essa galeria centenária ganhou um novo personagem, para alguns, improvável.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Se entrar em campo nesta quarta-feira, contra o Athletico-PR, na Arena da Baixada, o volante Diego Pituca terá feito sua partida centenária pelo Peixe. Uma marca que representa muitas coisas, inclusive uma volta por cima que não era esperada por muitos.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

"Para mim é um motivo de muito orgulho poder alcançar essa marca tão expressiva com a camisa do Santos, clube pelo qual eu torço. Caso eu entre em campo vai ser um momento muito especial na minha carreira e que ficará marcado para sempre. Espero que eu jogue e que meu jogo número 100 seja uma vitória nossa" - comentou Pituca.

Diego Pituca chegou do Botafogo-SP em 2017 (antes disso havia recusado uma proposta do Peixe) e ficou em 'stand-by' no time B santista, que hoje já não existe mais. A promoção ao time principal foi feita por Jair Ventura, em 2018. Com sua versatilidade rapidamente se tornou um dos destaques da equipe, até se tornar um dos pilares de Jorge Sampaoli.

"Já recusei o convite do Santos lá atrás e não poderia deixar essa oportunidade escapar novamente quando surgiu o interesse lá no Botafogo-SP. Desde o primeiro dia em que cheguei aqui trabalhei muito forte e dei o meu máximo em cada treino e em cada jogo para poder pular a grade que dividia o time B e o time principal. Sou muito grato a Deus por esse momento especial na minha vida." - recordou o volante.

Já não se pode dizer que Pituca é unânimidade no Santos, em muitas partidas começa no banco, mas sempre é colocado por Sampaoli. O camisa 21 é o jogador que mais vezes entrou em campo na atual temporada, são 57 jogos. O uruguaio Carlos Sánchez vem logo atrás, com 56 aparições no time da Baixada.

A temporada de Pituca foi tão boa, não somente em números, que a torcida o apelidou de "Pitukroos", em alusão ao alemão jogador do Real Madrid Toni Kroos.

"Fico muito feliz por esses números. Não sabia que eu era o jogador que mais tinha entrado em campo em 2019, mas isso me deixa orgulhoso. Sinal de que o trabalho foi bem feito ao longo da temporada e pude ajudar meus companheiros dentro de campo. Os títulos não vieram como sonhávamos, mas tenho certeza de que 2020 será um ano vitorioso para a nossa equipe" - finalizou o sorridente Pituca.

O contrato de Pituca com o Santos é até 2023, com a multa de R$ 50 milhões para times nacionais e 50 milhões de euros (R$ 232 milhões) caso algum time estrangeiro queira tirá-lo da Vila Belmiro.

O duelo que pode dar à Pituca a marca centenária está marcado para esta quarta-feira, contra o Athletico-PR, às 19h, na Arena da Baixada, jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.