arrow_drop_down
search
Corinthians vê Inter sinalizar manobra por Gustagol

Futebol: Mais notícias

Futebol Corinthians

Corinthians vê Inter sinalizar manobra para definir futuro de Gustagol; chegada de Jô influencia nas tratativas

O atacante do Alvinegro Paulista ainda não teve seu futuro definido pela diretoria corintiana; Internacional monitora situação 

Bolavip

Corinthians vê Inter sinalizar manobra por Gustagol

Corinthians vê Inter sinalizar manobra por Gustagol

A movimentação do Timão no mercado de transferências teve um novo rumo na última semana. Próximo de acordo com Jô, a diretoria rescindiu amigavelmente o contrato de Vágner Love, que havia recebido propostas para retornar ao futebol russo. Com o argentino Mauro Boselli no elenco, o treinador Tiago Nunes não teve problemas com o setor ofensivo da equipe. 

A situação de um dos atacantes do Alvinegro Paulista voltou à tona dos bastidores do Corinthians. O Internacional demonstrou interesse na prorrogação do empréstimo de Gustavo, mais conhecido como “Gustagol”. O centroavante perdeu espaço no elenco e foi emprestado ao Colorado, onde tem recebido espaço com Eduardo Coudet. Em entrevista ao Show dos Esportes, Rodrigo Caetano, diretor executivo do Inter, revelou o interesse do clube em estender o contrato dos jogadores emprestados. 

“Estes quatro jogadores (Gustavo, Musto, Rodinei e Saravia) têm vínculo com os seus clubes de origem. Já manifestamos o interesse com os clubes deles que eles permaneçam também. A amostra foi pequena e nós não vamos deixar isto para depois”, declarou. 

Gustavo chegou ao Inter no ínicio de 2020. Foto: Ricardo Duarte

O Internacional comprou 15% dos direitos de Gustavo por cerca de R$ 1,5 milhões. O atacante chamou a atenção de Coudet e deve ter seu futuro definido longe de Itaquera. O atleta possui vínculo com o Timão até 2022 e acumula 15 gols em 69 jogos disputados. 

“Daqui a pouco é agosto, setembro e nós podemos perder isto. Pode existir uma prorrogação automática por causa da pandemia. Caso isto não ocorra, vamos trabalhar para estendermos estes prazos. O interesse é de que eles permaneçam”, completou Rodrigo Caetano.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.