arrow_drop_down
search
Direitos do Campeonato Brasileiro poderão ser vendidos por até 40 milhões de dólares

Futebol Futebol geral

Clubes se reúnem e desejam vender Brasileirão para fora do país por bolada; Athletico-PR discorda de valores

Venda beneficiará clubes da Série A, B e C do Campeonato Brasileiro

Bolavip

Direitos do Campeonato Brasileiro poderão ser vendidos por até 40 milhões de dólares

Direitos do Campeonato Brasileiro poderão ser vendidos por até 40 milhões de dólares

A sexta-feira (17) será marcada por uma reunião entre os clubes brasileiros que definirá se aceitam ou não uma proposta para vender os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro para o exterior por quatro anos. A proposta foi feita pela empresa Global Sports Rights Management.

Os valores são de 40 milhões de dólares (aproximadamente R$ 209 milhões) pelas quatro temporadas. A divisão benificiaria clubes das três principais divisões do futebol no país, sendo que as equipes da Série A ficariam com 75% do montante, os times da Série B receberiam 20% e os clubes da Série C obteriam os outros 5%.

A informação do site Marketing Esportivo é de que o Athletico-PR, na figura de Mario Celso Petraglia, é a única equipe que não aceita os valores. Na divisão, a fatia de cada um dos clubes da primeira divisão é de cerca de R$ 3 milhões. Além do dinheiro, a maioria deseja efetuar a negociação por conta da exposição.

A CBF não está envolvida diretamente nas negociações, cabendo diretamente aos clubes tomarem as atitudes de acordo com sua preferência. O pagamento do valor a vista é outro fator que seduz as equipes, que deverão ter prejuízos milionários durante a parada do futebol por conta da pandemia do coronavírus.

A reunião entre as equipes também deverá tratar de uma possibilidade em que todos os clubes da elite do futebol brasileiro passem a explorar o mercade de apostas esportivas, que está em alta nos últimos anos.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.