Cleiton manifesta desejo para o futuro, mas deixa decisão com Atlético-MG e empresários

Futebol: Mais notícias

Futebol Atlético-MG

Cleiton manifesta desejo para o futuro, mas deixa decisão com Atlético-MG e empresários

O goleiro Cleiton, que foi titular do Atlético-MG na reta final de 2019, deixou claro seu desejo para o futuro e a decisão agora está nas mãos de seus empresários e do clube

Bolavip

Cleiton manifesta desejo para o futuro, mas deixa decisão com Atlético-MG e empresários

Cleiton manifesta desejo para o futuro, mas deixa decisão com Atlético-MG e empresários

O jovem Cleiton foi um destaques do Atlético-MG na temporada. Depois de iniciar o ano na reserva, o goleiro, de 22 anos, assumiu a titularidade após a grave lesão sofrida pelo experiente Victor. As boas atuações renderam, inclusive, convocações para a Seleção Brasileira Sub-23, que disputará a Olimpíada em 2020. De olho na próxima temporada, o arqueiro está valorizado no mercado e já definiu onde quer atuar.

Após a vitória de 2x0 sobre o Botafogo, na noite de ontem (4), Cleiton afirmou que deseja permanecer no Galo. O goleiro pode ter feito sua última partida em 2019 neste meio de semana, visto que o técnico Vagner Mancini pode dar a oportunidade de Victor voltar na última rodada do Campeonato Brasileiro. Ao todo, foram 39 anos atuações do goleiro com a camisa atleticana na temporada. 

"Quero continuar no Atlético, tenho contrato aqui e quem sabe eu devo até renovar esse contrato. Mas agora eu quero aproveitar as férias e deixar meu empresário e o presidente resolverem essas situações sobre contrato ou alguma venda. Estou focado no Atlético. Essa parte não é comigo”, afirmou o camisa 40, que recentemente entrou na mira do Bragantino, que conta com apoio da Red Bull e estará na Série A no ano que vem.

A equipe paulista, nesta semana, anunciou a contratação de outro jogador que estava no Galo, o atacante Alerrandro. Ainda no mês de outubro, o presidente atleticano, Sérgio Sette Câmara, comentou o interesse no goleiro e não descartou negociar mediante o pagamento da multa rescisória.  "A chance (de sair) é o Bragantino vir aqui e pagar o preço que a gente quer por ele. E é bem caro. Ou seja, difícil. Nenhum jogador do Atlético é inegociável. Se vier aqui e pagar 20 milhões de euros, se depositar aqui, leva. É uma das fontes de renda que o clube tem", afirmou.

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.