arrow_drop_down
search
Foto: Rubens Chiri/SPFC

Futebol São Paulo

Carta ao próximo presidente: as dívidas do São Paulo começam de cima e seu soberano torcedor não merece tal destino

Missão urgente ao sucessor do incompetente Leco: pagar o que deve, literalmente, em dinheiro, para resgatar a saúde financeira do ex-exemplar Tricolor. E pagar ainda a dívida simbólica da ausência de títulos para com a terceira maior torcida do país

Bolavip

Foto: Rubens Chiri/SPFC

Foto: Rubens Chiri/SPFC

O São Paulo continua colecionando vexames. A eliminação para o Mirassol foi a última proeza. O “Soberano/6-3-3” (hexa brasileiro, tri da liberta e do mundo) virou saco de pancada de nanicos do futebol paulista, brasileiro e sul-americano. Em clássicos então, nem se fale! Quando não apanha feio é para erguer as mãos aos céus. E títulos? É óbvio que “nadica de pitibiriba” – a fila cresce a cada temporada.

Dar um pé no traseiro do técnico não resolve o problema. Quantos treinadores já passaram pelo Tricolor nesta década e não tiverem sucesso? Pode escolher. Teve gringo, brazuca, velho, jovem, ofensivo, retranqueiro, paizão, disciplinador, maluco, careta, etc. Escolha à vontade.

Trocar o elenco também não parece dar resultados positivos. Dar mais chances para os moleques da base, contratar "cobrões", repatriar ídolos, mesclar tudo; seja como for o São Paulo não consegue sair desse buraco sem fim, sem fundo. Buraco, que aliás, foi cavado pelo próprio clube.

Leco vai deixar a presidência do São Paulo sem títulos e aumenta a crise no Morumbi (Foto: Rubens Chiri/SPFC)

Não há comando - comando superior. Tô falando da cúpula, não do departamento de futebol. Aí você pode incluir presidência, conselho e diretoria. A falta desse alicerce confiável e respeitável reflete diretamente embaixo, no vestiário, no campo. “Empresa” com “dono” frouxo não anda para frente!

Os brilhantes “cardeais” do Morumbi não são mais os mesmos. O que aconteceu com aqueles homens de vanguarda, pioneiros, que transformaram o São Paulo num gigante? Alguns se degradaram. Outros perderam a massa cinzenta. Uma parte morreu. O pior é que não vejo renovação. Tá duro encontrar uma cabeça pensante, que tenha credibilidade e inteligência para pensar e executar, como no passado invejável de glórias. De uns anos para cá, incompetentes e puxa sacos se multiplicam no São Paulo FC ... que vergonha...que decepção.

A missão do próximo presidente (a partir de janeiro de 2021) é pagar as dívidas, todas! Dívidas com credores e com torcedores. Obrigação: pagar o que deve, literalmente, em dinheiro, para resgatar a saúde financeira do ex-exemplar Tricolor. E pagar ainda a dívida simbólica da ausência de títulos para com a terceira maior torcida do país. Menos do que isso, pode ser? Olha que fácil. Só de resgatar o orgulho se ser são-paulino já será suficiente. Nem precisa ser soberano de p... alguma!!!

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.