arrow_drop_down
search
Braz durante coletiva — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Futebol Flamengo

Braz encontra 'brecha' no orçamento e oferece R$ 750 mil para fechar acordo e anunciar pedido de Rogério Ceni

Os dirigentes flamenguistas seguem trabalhando diariamente nos bastidores para resolver todas as pendências do clube e, assim, não atrapalhar o planejamento no futebol

Bolavip

Braz durante coletiva — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Braz durante coletiva — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O Flamengo tem um jogo decisivo nesta quarta-feira (18), pela Copa do Brasil e precisa reverter o resultado se quiser avançar na competição. Rogério Ceni tem dois jogos à frente do clube e busca sua primeira vitória para acabar com a má fase e encaminhar uma boa sequência de resultados positivos.  O novo treinador ainda não sabe se contará com alguns jogadores que estão machucados e espera uma nova sinalização do departamento médico.

O Rubro-Negro vive uma fase de oscilação e já deixa parte do torcedor pessimista quanto aos rumos que o Fla vai enfrentar na temporada. O elenco foi montado para conseguir mais títulos, por mais que tenha levantado troféus recentemente; se não ganhar pelo menos uma das três competições almejadas, será tido como um projeto fracassado.
 

Nos bastidores, a diretoria flamenguista também tenta resolver todas as pendências necessárias para a pressão por parte da torcida não aumentar e se tornar algo insustentável. É nesse sentido que os dirigentes do Flamengo tentam finalmente oficializar a renovação de Diego Alves, que ficou acertada no mês passado, mas o financeiro brecou.

O salário acordado entre as partes foi algo em torno de R$ 840 mil, mas os valores não agradaram o departamento de finanças do clube e o contrato não foi aprovado com aval de Rodolfo Landim. Por outro lado, com a chegada de Ceni e a campanha da torcida nas redes sociais para o ‘paredão’ renovar, Marcos Braz tomou a frente do negócio para fechar a transação.

 

O vencimento mensal que o Flamengo deseja pagar é cerca de R$ 750 mil, fora as premiações, com as cifras podendo aumentar consideravelmente. Essa é a brecha encontrada pelo Fla no orçamento. Vale lembrar que Diego Alves há recebe algo próximo a R$ 700 mil. O empresário do arqueiro já está no Rio de Janeiro e a tendência é que tudo seja definido ao longo desta semana. Rogério Ceni deseja e já pediu a permanência do medalhão.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.