arrow_drop_down
search
Foto: Bruno Cantini/Atlético

Futebol Atlético-MG

Atlético expõe versão diferente de Sampaoli sobre Tardelli e vai além: "Destaque de algumas atividades"; Massa cobra atacante no time

Última partida em que camisa 9 participou aconteceu em março de 2020 pelo Campeonato Mineiro. Atacante já está recuperado de lesão no tornozelo e à espera de opção do técnico argentino na reta final do Brasileirão

Bolavip

Foto: Bruno Cantini/Atlético

Foto: Bruno Cantini/Atlético

A reta final da temporada 2020 vai chegando já invadindo o novo ano, porém o título brasileiro segue em aberto. Na última quarta-feira (20), o Internacional assumiu a liderança ao golear o São Paulo, então primeiro colocado, por 5 a 1 em pleno Morumbi para chegar aos 59 pontos. O Tricolor é o segundo com 57, seguido do Flamengo, com 55, após a vitória sobre o Palmeiras nesta quinta (21). O Atlético-MG é o quarto, um ponto atrás. 

O Galo chegou muito perto de triunfar diante do Grêmio em Porto Alegre, mas Jorge Sampaoli acabou recuando muito a equipe no segundo tempo, já com 1 a 0 de vantagem - com o gol de Hyoran na etapa inicial. Se vencesse os gaúchos, o Atlético estaria em terceiro e a apenas três pontos do Inter, com uma partida a menos por fazer. Nas redes sociais, boa parte da Massa reclamou bastante das substituições dos argentinos. 

Uma delas foi a de Dylan Borrero, que mal vinha jogando com frequência. A entrada do colombiano de apenas 18 anos piorou o Galo e trouxe o Grêmio para seu campo. Se Sampaoli anda colocando jogador que não tem muito mais espaço para a torcida, por outro lado não vem dando chance a atletas que os próprios atleticanos exigem. É o caso de Diego Tardelli. 

Tardelli já marcou 110 gols com a camisa do Galo em 220 jogos (Foto: Getty Images)

O camisa 9 não atua em uma partida oficial há quase 11 meses - a última vez e única no retorno ao Atlético foi no clássico contra o Cruzeiro, ainda pelo Campeonato Mineiro, em março do ano passado.  Foram apenas 20 minutos novamente com o manto da Massa. No retorno do futebol em meio à pandemia de Covid, o atacante lesionou seriamente o tornozelo e ficou ausente dos campos por mais cinco meses. 

Durante suas coletivas, Sampaoli afirma que o jogador de 35 anos precisava aprimorar a parte física e estar à altura dos demais companheiros. Contra o Grêmio, novamente Tardelli esteve fora da relação que viajou a Porto Alegre. Apuração do jornalista Lucas Tanaka, que cobre diariamente o Atlético, informa que o camisa 9 já está sem dores.

"Segundo pessoas de diferentes áreas do clube, Tardelli vem treinando muito bem, sendo, inclusive, destaque de algumas atividades. Até agora, a opção de não relacioná-lo é única e exclusivamente de Sampaoli", informa o setorista em sua conta no Twitter. 

Com 220 partidas realizadas com a camisa alvinegra, Tardelli já balançou a rede em 110 oportunidades. Ele vive a terceira passagem pelo clube e tem o contrato se encerrando em 28 de fevereiro. A renovação ainda é uma incógnita, especialmente com o novo presidente Sérgio Coelho. 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.