arrow_drop_down
search
Atlético-MG descarta permanência de reforços que não vingaram; Maicon Bolt pode virar 'problema'

Futebol Atlético-MG

Atlético-MG descarta permanência de reforços que não vingaram; Maicon Bolt pode virar 'problema'

O Atlético-MG já mira a temporada de 2020 e definiu a posição prioritária para buscar reforços. A diretoria também reconhece que nomes contratados para este ano não rederam o esperado

Bolavip

Atlético-MG descarta permanência de reforços que não vingaram; Maicon Bolt pode virar 'problema'

Atlético-MG descarta permanência de reforços que não vingaram; Maicon Bolt pode virar 'problema'

O Atlético-MG está livre de qualquer risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Na noite de ontem (1), a equipe venceu o Corinthians, no Independência, pelo placar de 2x1, e garantiu permanência na Série A, chegando aos 45 pontos, na 12ª colocação, abrindo nove pontos de vantagem para o rival Cruzeiro, que abre o Z4. A tranquilidade permite que a diretoria inicie o planejamento para 2020

De olho na montagem do elenco, o Atlético-MG já definiu qual será sua ficha 1 no mercado. Na próxima janela de transferências, a direção deve focar seus esforços na contratação de jogadores para atuar no lado do campo. O problema já foi detectado pelo clube, que precisou recorrer aos garotos da base no final do ano por conta de os reforços não terem correspondido o esperado.

Segundo informou na manhã desta segunda-feira (2) o repórter Victor Martins, no site Yahoo Esportes, o Galo não conta para a próxima temporada com Geuvânio e Maicon Bolt. O primeiro da dupla tem uma situação mais fácil de ser resolvida, visto que tem contrato somente até dezembro, o qual não será renovado. Livre no mercado na época, ele chegou no início de março após deixar o Flamengo, mas não convenceu, somando 36 partidas e apenas um gol.

Maicon Bolt, por sua vez, pode acabar virando um problema para o Atlético-MG. O atacante, que desembarcou em Belo Horizonte no último mês de janeiro e empolgou logo de cara, balançando as redes na estreia, contra o Guarani, de Divinópolis, pelo Campeonato Mineiro, tem contrato até o final de 2021. A diretoria, inicialmente, tentará um acordo com o atacante, antes de o disponbilizar no mercado para um possível empréstimo.

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.