arrow_drop_down
search
Atacante da Seleção esteve perto de assinar com o Galo

Futebol: Mais notícias

Futebol Atlético-MG

Atacante da Seleção esteve perto de assinar com o Galo antes de sucesso na Europa: "Podiam olhar, mas não levaram"

Ex-técnico do Atlético confidenciou ter oferecido atleta ao clube; negado pelo time mineiro, jogador seguiu carreira no futebol europeu

Bolavip

Atacante da Seleção esteve perto de assinar com o Galo

Atacante da Seleção esteve perto de assinar com o Galo

Nesta semana, o Atlético registrou três casos de jogadores infectados pelo novo Coronavírus. Na Equipe de Transição, o atacante Luciano Souza e o lateral-esquerdo Kevin Kesley foram contaminados. Ambos estão recebendo tratamentos e recomendações do departamento médico atleticano. No time principal, o meia Cazares testou positivo para o vírus e está sendo mantido em isolamento social.

Enquanto lidava com as questões sanitárias que envolvem o clube, a diretoria agia em mais uma frente para sacramentar as contratações de Léo Sena e Alan Franco. Os dois meio-campistas estão em fase final de suas respectivas tratativas, restando apenas a assinatura dos contratos. O equatoriano assinará por quatro temporadas, enquanto o brasileiro terá um vínculo de cinco anos.

No passado, porém, o Galo teve a oportunidade de fechar com um atacante que viria a se tornar um dos melhores do mundo e destaque da Seleção Brasileira. O ex-técnico do Alvinegro, Marcelo Oliveira, relembrou que o time mineiro havia feito uma parceria com o CRB em 2007, e o treinador (que comandava a equipe alagoana, na época) ofereceu Roberto Firmino à diretoria atleticana - que acabou recusando.

"Eu liguei para o Atlético e falei: "tem um jogador aqui, que chama Roberto, que é muito bom. Como está na parceria, vocês podiam olhar". Não levaram para o Atlético e aí virou o Roberto Firmino", contou Marcelo em entrevista ao site 'Deus me Dibre'. A procura por um clube de maior expressão continuou e Firmino deixou o CRB em 2008.

O centroavante sequer atuou no time profissional do Galo de Campina, pois foi para as categorias de base do Figueirense. Dois anos depois, em 2010, teve sua transferência concluída para o Hoffenheim, da Alemanha. Em 2014, foi convocado pela primeira vez por Dunga e na temporada seguinte chegou ao Liverpool, da Inglaterra.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.