arrow_drop_down
search
Após título, Ceni preocupa torcida com declaração

Futebol Fortaleza

Após título, Ceni preocupa torcida com declaração: "Meu maior medo é não poder me despedir"; técnico conquistou quarto título no Fortaleza

Leão do Pici voltou a vencer o rival na final do estadual e conquistou o bicampeonato para cima do Ceará

Bolavip

Após título, Ceni preocupa torcida com declaração

Após título, Ceni preocupa torcida com declaração

O Fortaleza confirmou o favoritismo e venceu o rival Ceará na grande decisão do Campeonato Cearense. Com o gol do lateral-direito Tinga, o Leão do Pici é o campeão incontestável do torneio após ter vencido as duas partidas, chegando assim ao 43º título de sua história, o segundo consecutivo.

Porém, após o apito final, uma declaração do técnico Rogério Ceni preocupou os torcedores do Fortaleza. O comandante falou em tom de despedida ao relatar que não gostaria de deixar o clube sem que a Arena Castelão estivesse lotada e com a presença do torcedor, atualmente proibida por conta da pandemia causada pelo Covid-19.

“Meu maior medo é não poder me despedir disso aqui de casa cheia, sem o torcedor presente”, disse Ceni, já deixando os torcedores em alerta nas redes sociais. O treinador dedicou o título aos tricolores. "Fico muito feliz porque esses caras trabalham demais, me suportam, são extremamente dedicados e trabalhadores, acho que dedico esse título também à torcida", declarou.

O treinador também comentou sobre o desgaste físico que a final do Cearense deixará no elenco, mas que a partida decisiva exigia a entrega total dos atletas. "Sempre trabalhei em lugares que chegar numa final significa lutar até o fim, hoje conseguimos mais uma vez colocar mais uma taça na mão do Fortaleza", concluiu.

Ficha técnica

Motivo: Final do Campeonato Cearense
Estádio: Arena Castelão

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga (Marlon), Paulão, Roger Carvalho e Carlinhos; Felipe (Derley), Ronald (Yuri César) e Juninho; Gabriel Dias, David (Bruno Melo) e Romarinho (Osvaldo). Técnico: Rogério Ceni

Ceará: Fernando Prass; Eduardo, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho, Charles (Ricardinho), Fernando Sobral (Leandro Carvalho) e Vinícius (Felipe Baxola); Léo Chú (Saulo Mineiro) e Rafael Sobis (Rodrigão). Técnico: Guto Ferreira.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.