arrow_drop_down
search
Foto: Lucas Uebel/VIPCOMM/Divulgação

Futebol Internacional

Após especulações, estafe de Giuliano é definitivo sobre interesse do Internacional no retorno do meia

Depois de ingressar com ação na Fifa contra seu atual clube, o jogador foi apontado como alvo de equipes brasileiras, incluindo o Colorado

Bolavip

Foto: Lucas Uebel/VIPCOMM/Divulgação

Foto: Lucas Uebel/VIPCOMM/Divulgação

Atuando no exterior desde a metade de 2016, Giuliano vem tendo seu nome ligado a clubes brasileiros desde o mês passado. Sem receber no Al Nassr, da Arábia Saudita, o meio-campista ingressou com uma ação na Fifa, com a possibilidade de rescindir seu contrato de forma unilateral.  

Nos bastidores, o processo movido pelo jogador, de 30 anos, mexeu com torcedores de três equipes brasileiras, Internacional, onde despontou após ser revelado pelo Paraná, Grêmio e Atlético-MG. Durante a semana, o Colorado foi apontado como um dos candidatos a fechar com Giuliano para a sequência da temporada.

O suposto interesse, no entanto, foi negado pelo estafe do jogador. “Não procede a informação”, revelou um dos responsáveis por cuidar da carreira do brasileiro em contato com a reportagem da Revista Colorada. Contratado pelo Al Nassr em 2018, Giuliano estaria com cerca de cinco meses de salários atrasados.

As dívidas do clube árabe vêm desde antes do início da pandemia, o que levou Giuliano a reclamar na Fifa. O meio-campista, entretanto, se reapresentou no Al Nassr para a realização de testes médicos e físicos, evitando caracterizar abandono de trabalho, o que poderia permitir que a equipe rescidisse seu contrato sem o pagamento dos atrasados ou alguma compensação financeira.

A história de Giuliano no Internacional começou em 2009, quando foi contratado junto ao Paraná como substituto do meia Alex. O momento alto da passagem aconteceu em maio de 2010, quando foi decisivo contra o Estudiantes, em Quilmes (ARG), na semifinal da Libertadores. Já em 2011, acabou negociado com o Dnipro, da Ucrânia, passando ainda pelo rival Grêmio, Zenit (RUS) e Fenerbahçe (TUR).

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.