arrow_drop_down
search
Coletiva de Imprensa do Corinthians - CT Joaquim Grava

Futebol Corinthians

Andrés detona presidente do Grêmio e tumultua bastidores por Luan: "Dá essas mer... de entrevista"

O presidente corintiano ao ser perguntado sobre ter oferecido jogadores ao Grêmio para conseguir a contratação de Luan, do Grêmio

Bolavip

Coletiva de Imprensa do Corinthians - CT Joaquim Grava

Coletiva de Imprensa do Corinthians - CT Joaquim Grava

O futuro de Luan, do Grêmio, ainda não está definido e, até que isso aconteça, muita coisa pode mudar. O meia-atacante é sondado por muitos times brasileiros e o Grêmio faz jogo duro para liberar o jogador. O principal interessado e mais próximo de tirar o camisa 7 de Porto Alegre é o Corinthians. O Timão teria oferecido Clayson como parte do pagamento. No entanto, Romildo Bolzan, presidente gremista, não aceitou.

A novela em torno do meia-atacante ganhou mais um capítulo após o presidente corintiano, Andrés Sanchez, ser perguntado sobre ter oferecido Clayson ao Tricolor Gaúcho e ter tido a negativa de Bolzan, assim estendendo ainda mais as tratativas que tiveram início antes mesmo do Campeonato Brasileiro chegar ao fim. Inclusive, Andrés diz não esperar que a negociação dê certo.

"Espero que não. É só ver as entrevistas dele (presidente Romildo). Não falou comigo e fica dando essas mer... de entrevista. Eu não ofereci jogador nenhum para ele." - enfatizou Andrés. Segundo o GloboEsporte, o posicionamento do Grêmio sobre Luan é receber, pelo menos, R$ 20 milhões por 60% dos direitos econômicos do jogador eleito o 'Rei da América' de 2018.

A permanência do jogador de 26 é dada como improvável pela direção gremista, que busca tirar o máximo de lucro possível de toda a transação. O diretor-executivo, Klauss Câmara, é quem intermedia o negócio entre Corinthians e o empresário do atleta. Ao que tudo indica, estamos nos capítulos finais da novela.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.