arrow_drop_down
search
André Henning leva invertida de dirigente do Fla ao vivo

Futebol: Mais notícias

Futebol Flamengo

André Henning leva invertida de dirigente do Fla ao vivo e torcida não perdoa: “Não sei qual sua definição de sozinho”

Luiz Eduardo Baptista participou do programa da emissora Esporte Interativo nesta quarta-feira (24), e causou polêmica com declarações fortes

Bolavip

André Henning leva invertida de dirigente do Fla ao vivo

André Henning leva invertida de dirigente do Fla ao vivo

Luiz Eduardo Baptista é um dirigente bastante polêmico no Flamengo. Conhecido por ter um posicionamento diferente dos demais cartolas, “BAP” é um dos pilares da alta cúpula flamenguista e tem carta branca de Rodolfo Landim para mudar o que for necessário no Mengão. Foi ele quem trouxe o treinador Abel Braga e relutou muitas das vezes para não demiti-lo no ano passado. 

Nesta quarta-feira (24), o vice-presidente de relações externas participou do programa “De Placa”, do Esporte Interativo e causou polêmica. O narrador oficial da emissora, André Henning, estava debatendo com o diretor sobre o retorno do Campeonato Carioca quando disse que não entendia a pressa flamenguista: “Eu só não entendo por que o Flamengo, sozinho, acha que tá sendo legal (voltar a jogar)”. 

Ao defender a postura do Mais Querido do Brasil, Eduardo Baptista rebateu com ironia e a declaração rendeu muita entre os Rubro-Negros repercussão na internet: “Dentro da Federação carioca são 14 clubes favoráveis e 2 contra. Não sei qual sua definição de sozinho”. 

 

O elenco do Mengão já treina há mais de um mês no CT Ninho do Urubu e foi um dos responsáveis diretos para o reinicio do Estadual. No entanto, o Fla não estava sozinho e contava com apoio do Vasco e todos os chamados “pequenos” times do Rio de Janeiro. O jogo contra o Boavista, que aconteceria nesta quarta-feira (24), foi adiado para 1.º de julho. 

Após a renovação contratual, Jorge Jesus continua implementando sua filosofia no elenco e novos reforços devem ganhar chances na equipe aos poucos, como é o caso dos atacantes Pedro, Michael e Pedro Rocha, além do meio-campista Thiago Maia, que estava atuando em alto nível no primeiro semestre. Mas, pelo menos por enquanto, o time base está mantido, só com a entrada de Léo Pereira na zaga.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.