Faltando uma semana para o início do Big Brother Brasil 22, que tem estreia marcada para o dia 17 de janeiro, o Bolavip Brasil selecionou os eliminados com o maior índice de rejeição na história do programa. O famoso paredão, considerado o termômetro de compatibilidade do público com os participantes da casa mais vigiada do país, é um momento de muita 'tensão', no qual os telespectadores votam e decidem quem fica ou sai do reality show. Nas 21 edições já exibidas, alguns participantes obtiveram uma alta taxa de reprovação pelo público, superior a 90%.

No topo da lista, temos Karol Conká que foi eliminada do BBB 21 após receber 99,17% dos votos válidos. Esta foi a maior porcentagem de rejeição recebida por um participante na história do programa. Os fãs do reality não engoliram a forma como a cantora tratou Lucas Penteado, que desistiu do jogo. Na mesma edição, algo semelhante aconteceu com Nego Di. O comediante que firmou parceria com a rapper, Lumena e Projota, havia feito amizade com Lucas nos primeiros dias, mas se revoltou contra ele e se tornou protagonista de grandes brigas na casa, sendo eliminado com 98,76%. Ainda no BBB 21, a influencer Viih Tube foi eliminada após receber 96,69% dos votos. Em sua trajetória no reality, a youtuber manteve discrição, no entanto, próximo da final, se destacou por tentar se aproximar sempre de quem ganhava a liderança da semana.

Eliminada com 95% dos votos, Aline dos Santos entrou no BBB 5 substituindo Marielza Souza, que sofreu um AVC no nono dia de confinamento. Porém, com fama de fofoqueira, a sister acabou deixando o programa, se tornando um dos recordes de rejeição do reality. Na mesma edição, o médico Rogério Padovan tomou atitudes que foram reprovadas pelo público e acabou sendo eliminado com 92%.

Outra participante que também teve um grande índice de rejeição foi Patrícia Leite, do BBB 18. A loira foi eliminada com 94,26% após ser considerada vilã da sua temporada. Vale destacar que a porcentagem veio de um paredão triplo contra Diego e Caruso. Na mesma edição, outro nome se destacou: Nayara Helena. A jornalista foi eliminada após receber 92,69% dos votos, devido a desentendimentos com vários brothers.

Felipe Cobra, campeão de jiu-jitsu, foi eliminado do BBB 7 após receber 93% dos votos. Em sua trajetória no reality, Felipe se uniu a Alberto Cowboy contra o favorito da edição, Diego Alemão, e saiu do programa sendo odiado pelo público. Na edição de 2012, o arquiteto Rafael Leandro iniciou um romance com Renata D'Ávila, a Renatinha. No entanto, o público descobriu que o brother era comprometido fora da casa e teve sua atitude reprovada, sendo eliminado com 92% dos votos. O rapper Projota também entra na lista. Eliminado com 91,89%, a trajetória do paulista pelo programa foi marcada por uma associação com Karol Conká, Lumena e Nego Di, quarteto que foi odiado pela audiência do programa.

Confira abaixo a lista do TOP 10:

1º: Karol Conká (BBB 21): 99,17%

2º: Nego Di (BBB 21): 98,76%

3º: Viih Tube (BBB 21): 96,69%

4º: Aline (BBB 5) - 95%

5º: Patricia Leite (BBB 18) - 94,26%

6º: Felipe Cobra (BBB 7) - 93%

7º: Nayara Helena (BBB 18) - 92,69%

8º: Rafael Leandro (BBB 12) - 92%

9º: Rogério Padovan (BBB 5) - 92%

10º: Projota (BBB 21) - 91,89%