O Ministério da Saúde iniciou nesta segunda-feira (04) a campanha nacional de vacinação contra a gripe no SUS (Sistema Único de Saúde). Neste período inicial, que vai até o dia 02 de maio, serão vacinados os idosos com 60 anos de idade ou mais e trabalhadores da área de saúde.

Já a segunda etapa, entre 03 de maio e 03 de junho, inclui os seguintes grupos: crianças de 6 meses a menores de 5 anos. gestantes e puérperas, povos indígenas, professores, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e Forças Armadas, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

A meta do governo é imunizar cerca de 76,5 milhões de pessoas até a data prevista para encerramento da campanha. 80 milhões de doses da vacina Influenza, produzidas pelo Instituto Butantan e eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B, estarão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS).

A Secretaria de Saúde orienta ainda que a população deve ficar atenta com a vacinação contra a Covid-19 para crianças, já que vai coincidir com a imunização contra a gripe. "O ideal é de que a aplicação de doses contra o novo coronavírus seja priorizada", diz a secretaria de Saúde. Crianças que forem vacinadas contra a Covid-19 devem esperar um intervalo de 15 dias entre a aplicação das doses. No caso dos adultos, não há necessidade de aguardar o prazo.