Thomas Markle disse em entrevista que vai entrar na justiça para ter o direito de conhecer seus netos, Archie, de 2 anos, e Lilibet, de 1 mês. Ambos são filhos de Meghan Markle e Príncipe Harry.

Thomas e Meghan não se falam desde 2018, e ela não permitiu que ele conhecesse os próprios netos. "Não deveríamos punir (as crianças) pelo mau comportamento de Meghan e Harry", afirmou ele em vídeo publicado pela Fox News.

"Archie e Lili são crianças pequenas. Não são políticos. Não são peões. Eles não fazem parte desse jogo. E eles também são da realeza e têm os mesmos direitos que qualquer outro de lá", prosseguiu ele em seu desabafo.

Thomas disse que irá tomar medidas judiciais para poder ver os netos. "Vou pedir aos tribunais da Califórnia os direitos de ver meus netos em um futuro muito próximo", relatou o premiado diretor de fotografia, que tem 77 anos.

Ele ainda fez uma provocação a Harry, que anunciou nesta semana que lançará uma autobiografia até o ano que vem: "Harry não tem muito mais para contar. Depois de três sessões com os psiquiatras e com Oprah Winfrey, não sei o que mais há para contar".