arrow_drop_down
search
Foto: Mauro Horita/AGIF

Cotidiano Internacional

Aposentado, Nilmar recorda polêmica do Brasileirão de 2005 e reconhece: "Aquele erro foi grotesco"

Na ocasião, o ex-atacante defendia o Corinthians contra o Inter e foi campeão com a camisa do time paulista

Bolavip

Foto: Mauro Horita/AGIF

Foto: Mauro Horita/AGIF

O Internacional não começa muito bem a temporada 2021 e chega a preocupar boa parte da torcida. Depois de perder o Estadual para o rival, o Colorado conseguiu a façanha de ser eliminado da Copa do Brasil pelo Vitória, atualmente na Série B do Campeonato Brasileiro. No Nacional a situação também não é das melhores, o que deixa o sinal de alerta ligado.

O ano começou com a diretoria apostando em Miguem Ángel Ramírez, que até então era visto como uma 'sensação' do futebol sul-americano. Porém, o espanhol não conseguiu repetir no Brasil o que fez no Equador no comando do Independiente del Valle. Para se recuperar ainda dentro da temporada, o escolhido foi Diego Aguirre, que retorna ao Beira-Rio.

Foto: Mauro Horita/AGIF

O próximo grande desafio do Inter está marcado para a próxima quinta-feira (22), diante o Olímpia, do Paraguai, pela Copa Libertadores. Na ida, o placar foi de 0 a 0. Enquanto a bola não rola pela competição continental, um multicampeão com a camisa vermelha relembra suas passagens pelo sul e do Brasileirão de 2005, marcado pelas polêmicas.

"O Fábio Costa saindo do gol é daquele jeito mesmo. Ainda bem que não tinha VAR. Eu brinco até hoje. Se tivesse o VAR, voltava certamente. Aquele erro foi grotesco. A maior tristeza do [torcedor] colorado é aquele pênalti. Tem total razão", afirmou o ex-jogador em entrevista ao canal do Duda Garbi, no YouTube. Naquela oportunidade, Nilmar defendia o Corinthians.

O ex-atacante foi revelado nas categorias de base do Inter e faturou cinco vezes o Campeonato Gaúcho, além da Copa Sul-Americana de 2008, na qual foi protagonista com um gol nos acréscimos da final diante do Estudiantes. Aos 37 anos, Nilmar está aposentado depois de sofrer uma depressão profunda. Seu último clube foi o Santos, em 2017.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.