Futebol

Sierra volta à pauta no São Paulo e expõe negociações como treinador: “Alguém da minha família mandou”; ex-jogador está no Palestino

Quando ainda era jogador, o chileno atuou pelo Tricolor entre 1994 e 1995

A paciência da diretoria do São Paulo com o trabalho de Fernando Diniz parece estar chegando ao fim. Antes mesmo de discutir sobre a permanência do treinador, a alta cúpula do clube já pensa em outros nomes no mercado. O Tricolor, há pouco mais de um mês, se isolou na liderança do Campeonato Brasileiro e colocou uma mão na taça. Os últimos jogos, no entanto, foram abaixo do esperado e o Inter acabou assumindo a ponta da tabela.

Marcelo Gallardo, Miguel Ángel Ramírez e outros treinadores foram especulados nesta última semana. A diretoria também trabalha com a possibilidade de repatriar Rogério Ceni, que corre um sério risco de demissão no Flamengo. Ao que tudo indica, Diniz deve ser mantido até o final do Brasileirão, em fevereiro. O comandante é bem visto pela diretoria, mas os últimos vexames (Paulistão e Libertadores) acabaram pesando negativamente.

O nome da vez na imprensa sul-americana é de José Luis Sierra, do Palestino. O próprio treinador, em contato com a Rádio ADN, falou sobre a possibilidade de assumir o São Paulo: “Alguém da minha família mandou para mim (informação do provável interesse do Tricolor), mas não tenho ideia de nada. Seria um belo desafio, conheço o clube, joguei lá dois anos”. A notícia acabou repercutindo também em jornais e portais brasileiros, que viralizaram na web.

Foto: Arquivo pessoal

O chileno chamou a atenção de 100 mil são-paulinos no dia 3 de agosto de 1994, quando São Paulo e Unión Española se enfrentaram no Morumbi por uma vaga na semifinal da Copa Libertadores. Em pouco mais de um ano, o meia-atacante disputou apenas 43 partidas e marcou três gols. Apesar de ter jogado pouco no Tricolor, o antigo dono da camisa 10 guarda com muito carinho uma partida em especial: a vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians

A informação do suposto interesse do São Paulo na contratação do treinador foi informada pelo Diário AS, da Espanha. Aguirre e Osorio também foram citados. Sierra já passou por equipes como Unión Española e Colo-Colo, onde não obteve sucesso como técnico. No Brasileirão, o Inter abriu 4 pontos de vantagem na liderança e tem agora 84,6% de chance de ser campeão. Os dados pertecem ao matemático Marcelo Leme de Arruda. O Tricolor vem logo atrás, com 4,6%.

Continue navegando